Buscar

Política de voluntariado.


Politica_de_voluntariado_do_Instituto_hÃ
Download • 426KB

"

Esta política visa regular e disciplinar a conduta do voluntariado bem como apresentar os dispositivos legais norteadores de tal prática. Tendo explícito deveres e direitos do voluntário e da instituição em questão que cede a vaga; visando o bem de ambas as partes no ato de firmar o termo de adesão de voluntariado. Definindo regras de operação do programa de voluntariado, responsabilidades dos gestores e informações sobre cessão de horas voluntárias, periodicidade e formas de atuação.

Histórico do projeto e o voluntariado:

O instituto há esperança sempre desenvolveu sua atividades por meio do voluntariado. Entendemos que a construção de uma sociedade mais equânime parte da participação solidária e coletiva da própria ação cidadã. Então, desde seu início o instituto conta com a colaboração de dezenas de voluntários de diferentes áreas de atuação e de forma presencial e ou a distância.

Nossas vagas acontecem por intermédio de pessoas que se voluntariam através de chamadas públicas pelas plataformas de voluntariado, ou através do nosso número de whatsapp: (21) 99636-7603, além do contato pelas nossas redes sociais.

Após a demonstração de interesse, é preenchido um formulário para que a instituição conheça o(a) voluntário(a) e possa encaixá-lo na devida área de atuação.

Áreas de voluntariado dentro do Instituto Há Esperança:

· Educação (vaga presencial): professores que atuarão com mediação de conteúdos escolares , auxílio nos deveres de casa, criação de oficinas e ou workshop, coordenação de projetos educacionais e estratégias de ações educativas. Período de 2 a 4 horas semanais.

· Captação de recursos (vaga a distância): auxiliar na captação de recursos; estratégias de campanhas de arrecadação, relacionamento com doadores. Captação de parcerias institucionais, planilha de gastos e doações. Período de 2 horas semanais.

· Gestão de mídias sociais (vaga a distância): auxiliar na manutenção das redes sociais, criação de conteúdos digitais. Período de 2 horas semanais.

· Assistência social (vaga presencial): acompanhamento das famílias cadastradas no projeto, manutenção de planilha e cadastro das famílias, coleta de dados e censo. Entrevista com famílias cadastradas no projeto para recebimento dos auxílios. Período de 2 a 4 horas semanais.


Processo de treinamento:

Após preenchimento do formulário que será enviado após demonstração de interesse, o candidato será direcionado para um grupo no whattsapp de voluntários onde as informações da vaga serão feitas de forma coletiva.

Em seguida, agendada ao menos uma visita ao projeto (independente da vaga ser a distância ou presencial) para conhecer o público atendido e a entrevista pessoal com a equipe de seleção de voluntários, preenchimento do termo de voluntariado que pode conter prazo indeterminado ou por um período pré estabelecido no formulário preenchido anteriormente.

Direitos do voluntário(a):

· É dever do instituto há esperança fornecer o mínimo de material de uso pessoal que viabilize a prática das ações para os voluntários de atuação presencial.bem como, material de papelaria, lanche, espaço físico limpo e organizado .

· Ser acompanhado e orientado pela equipe técnica do instituto durante toda a ação voluntária, recebendo auxílio sempre que solicitado.

· Ter sua identidade e integridade física preservada durante toda e qualquer ação voluntária.

· Ter sua carga horária de voluntariado respeitada pelo instituto.

· Receber certificado de voluntariado, caso solicitado a equipe gestora com antecedência.

· Receber crachá ou camisa identificadora durante as atividades voluntárias.

Deveres do voluntário(a):

· É dever do voluntário respeitar a carga horária proposta da atividade que se candidatou.

· Respeitar o prazo de término da ação voluntária, caso tenha que reincidir o contrato de voluntario, avisar com o máximo de antecedência a equipe gestora.

· Comparecer às reuniões gerais agendadas com antecedência.

· Reportar o resultado das ações realizadas ,e também despesas, caso haja.

· Combinar com antecedência com a equipe gestora ações voluntárias como passeios, eventos e situações semelhantes

. Estar identificado ao realizar ações presenciais, seja com a camiseta do projeto ou crachá de identificação.

Regras gerais:

· Não produzir conteúdo audiovisual do público atendido pelo projeto sem a autorização da equipe gestora.

· Não é autorizado falar com menores por dispositivos eletrônicos ou redes sociais sem conhecimento e autorização da equipe gestora

· Não está autorizado levar menores para passeios sem conhecimento e autorização da equipe gestora

· Dar dinheiro a qualquer atendido pelo projeto sem conhecimento e autorização da equipe gestora

· Não é permitido publicar em redes sociais imagens e ou vídeos que difamem, desonrem ou coloquem o público atendido pelo projeto em situação vexatória.

Dispositivos legais:

Segundo a Lei 9.608/98 de voluntariado que rege nosso país:

Art. 1º Fica criado o Programa de Voluntariado do Distrito Federal - Voluntariado em Ação, assim denominado, o conjunto de ações e dispositivos destinados ao fomento, desenvolvimento e valorização do serviço voluntário, não remunerado, no âmbito da administração pública do Distrito Federal e de sua relação com os cidadãos, as organizações sociais, as empresas sociais e os projetos sociais de instituições de direito privado.

Enquanto instituo há esperança acreditamos que seja fundamental a geração de vagas de voluntariado a fim de difundir esta prática tão importante na construção de uma sociedade mais solidária. Por isso, nos comprometemos com o cumprimento dos dispositivos legais que regem esta prática a fim de manter uma relação benéfica entre os voluntários e a instituição.

Att,

Equipe gestora do Instituto Há Esperança.

6 visualizações

© 2020 Por Diene Marinho | Crio Arte